Você sabia que o sistema de gestão hospitalar é um grande aliado quando o assunto é alcançar a redução de custos em clínicas e hospitais? Isso porque esse é um processo delicado e, se executado às pressas e de forma não planejada, resulta apenas em potenciais prejuízos.

Aliás, esse é um dos grandes vilões em uma gestão hospitalar, ou seja, a incoerência de ações mal planejadas. Além de prejudicar o dia a dia dos profissionais, é capaz de influenciar diretamente na forma como os serviços são prestados.

Portanto, para que sua instituição se habilite a reduzir custos de modo gradual e com margem de segurança, mas sem retroceder na qualidade do serviço, vamos mostrar em 4 passos como o sistema de gestão hospitalar vai te auxiliar. Acompanhe!

Reduza custos no hospital em 4 passos com um sistema eficiente

1 – Automatização de processos internos

Não há como falar em redução de custos sem mencionar a automatização dos processos diários. Nesse sentido a tecnologia é imprescindível, pois é a responsável por trazer maior racionalização e otimização aos procedimentos desempenhados pela equipe.

Até há algum tempo a gestão hospitalar era engessada e baseava suas ações e estratégias principalmente em palpites. Entretanto, o fator tecnológico passou a protagonista de um cenário estritamente embasado em dados gerenciais reais, maximizando assim a eficiência dos processos.

Se analisarmos grosso modo, temos os softwares de gestão hospitalar e mesmo prontuários integrados eletrônicos, oferecendo uma gama de vantagens, entre elas a redução dos gastos, diminuição de desperdício e maior agilidade nos processos.

2 – Maior padronização das rotinas administrativas

Segundo uma pesquisa realizada anualmente pelo Cetic.br sobre o TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação nos Estabelecimentos de Saúde Brasileiros), nos últimos anos, em especial o ano de 2016, aponta um dado muito curioso e que diz muito sobre a importância do sistema para a gestão hospitalar.

Alcançando quase 2.300 instituições, a pesquisa apontou que mais de 85% dos médicos e quase 90% dos enfermeiros, afirmaram que quando um hospital implementa algum tipo de sistema de gestão, todo o trabalho da equipe absorve melhorias constantes. Mas você sabe a razão disso?

Não é preciso matemática para responder. Em outras palavras, é a padronização das rotinas administrativas que faz toda a diferença. Atuando em uníssono e a partir de um esquema de trabalho estruturado em um padrão de qualidade, menos gargalos surgem e mais recursos são preservados.

3 – Maximiza a gestão de documentos

É inviável alcançar a redução sem colocar a gestão de documentos em ordem. Afinal, ela é a fundação para o sucesso dos procedimentos. Logo, como um médico pode realizar um acompanhamento próximo ao paciente, se as informações forem escassas e desorganizadas?

Parte fundamental desse processo são os prontuários eletrônicos, que se tornaram um divisor de águas para a gestão. Isso porque viabilizaram ao profissional maior poder de dedicação e atenção, especificidades de um atendimento de excelência. Veja alguns benefícios para a gestão:

• Redução escalável de erros;

• Centralização das informações;

• Gestão da informação melhor estruturada.

Isso sem mencionarmos a possibilidade de gerenciar os dados por meio de processos paperless, tudo devido à certificação digital. Agora, em um único lugar e de maneira imediata é possível ter acesso às informações mais sensíveis sobre um paciente, ampliando a tomada de decisão.

4 – Viabiliza indicadores de desempenho bem definidos

Como saber se um objetivo foi alcançado se não houver nenhuma diretriz a ser analisada? É justamente isso que os indicadores de desempenho (KPIs) propiciam.

Em poucas palavras, os indicadores traçam um mapa que aponta quais metas e objetivos preestabelecidos foram, de fato, alcançados. Entre os principais indicadores temos: rentabilidade; qualidade em atendimento; rendimento de produção.

Se você quer reduzir realmente os custos é vital que acompanhe os principais indicadores da sua instituição. Todavia, não há necessidade para alarde, uma vez que o sistema de gestão hospitalar facilita essa demanda.

Um sistema moderno evidencia de modo concreto os principais dados sobre um KPI. O que isso significa na prática? Gestores, equipe médica, enfermeiros e administração, trabalhando e tomando decisões em um fluxo único, resguardando os principais recursos da instituição.

O sistema de gestão hospitalar é a nova realidade do seu hospital

Consegue perceber como tal sistema é imprescindível, não só para economizar, mas também para crescer exponencialmente, principalmente em qualidade? A redução de custos é apenas o início de uma série de benefícios.

Se ainda tiver alguma dúvida, é só entrar em contato conosco, pois assim como você, estamos de plantão para ajudar!

Rua Furriel Luiz Antônio de Vagas, 380 | Bela Vista | Porto Alegre - RS - (51) 3021-0055 - 90470-130
Infraestrutura Plantão 24 Horas
51 99239-6976 (VIVO)
51 99238-7010 (CLARO)
Suporte
51 99767-7602
Receber novidades
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.