O acesso flexível e rápido às informações hospitalares entre instituições, áreas e profissionais nunca se mostrou tão importante como nos últimos meses, e a análise de dados hospitalares é um processo capaz de alavancar a superação da crise.

Porém, para tomar decisões baseadas em informações estratégicas é fundamental uma mudança 360° na gestão hospitalar. Podemos adiantar: os resultados dessa ação fortalecem seu hospital em contextos de desequilíbrios.

Quer entender como a aquisição eficiente dos dados dos pacientes asseguram melhor atendimento e serviço de alta qualidade? Então, a SALUX convida você a acompanhar o conteúdo elaborado para reduzir a complexidade do seu hospital!

Qual a importância do acesso e análise de dados hospitalares na crise?

Toda instituição de saúde – especialmente os hospitais – deve trabalhar de forma estratégica. Essa postura depende exclusivamente da aquisição das informações que são geradas a todo momento e em diferentes áreas da instituição.

O alinhamento de dados gerados em agendamentos, admissões, internações, exames e atividades assistenciais, oportuniza aos gestores:

  • Gerenciamento preciso do fluxo de trabalho.
  • Melhorar a organização dos procedimentos hospitalares.
  • Desenvolver o planejamento de compras e reposição de medicamentos.
  • Compreender as demandas atuais nas diversas áreas do hospital.
  • Ampliar o controle das glosas hospitalares.

Se por um lado tais informações contribuem para o operacional da instituição, de modo a otimizar os processos, por outro, maximiza a qualidade do atendimento. Afinal, esse é o cerne de qualquer atividade voltada à saúde, não é mesmo?

A análise de dados é possível sem tecnologia?

Não, podemos dizer que analisar as informações dos pacientes e das rotinas de trabalho, a fim de identificar pontos de melhorias, é inviável sem a digitalização e informatização na saúde.

Nesse contexto, até mesmo simplórias planilhas digitais não conseguem “escoar” as informações necessárias para melhorar o serviço.

Isso acontece porque todo dado gerado a partir de um “sistema analógico” ou parcialmente digital, não viabiliza atualizações e análises em tempo real.

Na realidade, o processo se torna engessado, visto que não há agilidade suficiente para analisar informações.

Utilizando um exemplo elementar: sem a centralização e prévia análise das informações, como o médico é capaz de ser assertivo no diagnóstico, ou seja, sem ter os dados ideais para determinar a melhor solução para o quadro clínico do paciente?

Vale dizer que isso se aplica a tudo, como gestão de estoque e previsão de materiais, áreas assistenciais e de exames, até mesmo o admissional que, sem um panorama amplo da situação atual, fica impossibilitado de organizar melhor a aceitação de novos pacientes.

Portanto, isso nos leva a apenas um caminho, que é a adoção de sistemas digitais, veja mais a seguir!

Analisar dados hospitalares com sistemas digitais oferece insights valiosos

O principal elemento viabilizado pela tecnologia é a possibilidade de avaliar dados verídicos e em tempo real sobre cada processo e setor hospitalar.

Todavia, quando adicionamos a variável “crise” ao contexto, pode ter certeza de que cada vantagem se torna a diferença para mais vidas seguras.

Por exemplo, a SALUX conta com uma solução digital em BI (Business Intelligence), projetada para entregar o que há de mais atualizado em indicadores de gestão, isto é, dados e métricas sobre os fluxos de atividades da instituição.

Dessa forma, gestores asseguram a tomada de decisão apoiada por informações transparentes e completas. Para exemplificar, separamos em 3 vertentes a importância do sistema digital de BI.

1. Dados com qualidade e preditividade

O sistema de inteligência comercial, no caso do hospital, inteligência operacional, garante que os gestores analisem as informações a partir do contexto de cada setor, como cirúrgico, de atendimento, da satisfação dos pacientes, dos convênios e planos, entre outros.

2. Disponibilidade em tempo real de informações inteligentes

O que você acha de oferecer Dashboards completas e intuitivas aos gestores? Pois é isso que o sistema digital proporciona. Um painel contendo os principais dados sobre as etapas do atendimento, exames, medicações e outros elementos.

Vale salientar que o sistema não entrega o direcionamento a ser tomado, mas sim apresenta informações simplificadas que orientam os profissionais. No cenário de crise isso é crucial para o atendimento eficiente, pois agiliza todo o “percurso” que o paciente faz no hospital.

3. Tratamento dos dados ao longo da cadeia de processos

Visualizar um apanhado de informações desconexas não traz nenhum benefício. No entanto, quando os dados dos pacientes – do momento em que chegam até à liberação – são devidamente sumarizados e abreviados com precisão, os resultados podem ser absorvidos ao longo das áreas hospitalares.

6 vantagens da análise de dados para instituições de saúde

Somado às facilidades mostradas até aqui, temos incontáveis vantagens que complementam a gestão hospitalar e fortalecem sua atuação durante esse período conturbado devido à crise e à pandemia.

1.     Acompanhamento de dados em tempo real.

2.     Criação de indicadores gráficos de aspectos operacionais.

3.     Maior previsibilidade para contenção de problemas.

4.     Consistentes análises de riscos

5.     Melhoria na performance e rapidez na tomada de decisão.

6.     Monitoramento da evolução hospitalar.

Quer saber mais sobre como ter a melhor análise de dados em seu hospital e, assim, minimizar os impactos da crise? Entre em contato conosco, pois melhoramos a saúde através da tecnologia. Até breve!

Rua Furriel Luiz Antônio de Vargas, 380 | Bela Vista | Porto Alegre - RS - (51) 3021-0055 - 90470-130
Infraestrutura Plantão 24 Horas
51 99239-6976
Suporte
51 99767-7602
Receber novidades
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.