Dentre as inúmeras atividades e responsabilidades em uma instituição de saúde, certamente a gestão financeira é uma das mais complexas, mas você sabia que um sistema de gestão em saúde pode ser o facilitador para preservar o equilíbrio financeiro?

É justamente isso que discutiremos hoje, pois o nosso objetivo é tornar sua gestão simplificada, porém, mais concisa e posicionada a enfrentar as dificuldades diárias.

Então, te convidamos a permanecer por aqui, a fim de compreender exatamente como um sistema hospitalar integrado é o que necessita para menores gargalos na administração do financeiro da instituição. Boa leitura!

O equilíbrio financeiro hospitalar é quesito básico à manutenção da instituição

Muito mais que apenas uma possibilidade, controlar de perto a gestão financeira é obrigatório para a sobrevivência da instituição de saúde.

Dentre administrar custos, supervisionar inúmeros gastos e distribuir os investimentos, está a urgência em integrar tais fatores ao restante dos setores e processos, para que as metas pré estabelecidas sejam atingidas.

O primeiro indício de que esse planejamento está funcionando, é a melhoria na qualidade da assistência médica oferecida aos pacientes. Por outro lado, isso é impossível de ser alcançado sem o fator tecnológico como eixo da transformação.

Isso porque um sistema de gestão hospitalar é capaz de maximizar a operacionalização da administração financeira da instituição.

Através da junção de informações sólidas, dados analisados com maior transparência e decisões realmente planejadas, o hospital começa a caminhar em direção a resultados diferenciados, principalmente acerca do equilíbrio financeiro.

Sendo assim, podemos apontar algumas ações que são mais bem fiscalizadas, tais como:

1.     Gestão de glosas integrada e automatizada;

2.     Auditorias de contas assertivas;

3.     Controle de metas aprimorado;

4.     Integração com faturamento, admissão, compras e suprimentos;

5.     Gestão de fluxo de caixa com projeções personalizáveis;

6.     Lançamento e emissão de notas fiscais de serviço;

7.     Lançamento, gerenciamento e demonstrativo de custos;

8.     Transformação do orçamento empresarial;

9.     Ampliação da eficiência preditiva de contas a pagar e receber;

10.   Disponibilização de relatórios gerenciais minuciosos e verídicos.

4 benefícios de um sistema de gestão em saúde para sua instituição prosperar

1 – Quando os gastos são centralizados há maior controle operacional

Assim como já mencionamos em outros conteúdos, um dos grandes vilões dos hospitais e clínicas é justamente a desorganização. Ela é responsável por diversos gargalos, inclusive, na gestão financeira hospitalar.

Sendo assim, o primeiro passo é potencializar a centralização das informações. E para isso, o sistema de gestão em saúde é crucial. Afinal, todos os processos devem estar completamente alinhados, objetivando maior poderio operacional.

Por sua vez, os gestores passam a contar com um fluxo bem desenhado e totalmente nivelado, indicando precisamente todos os gastos. O importante aqui é compreender que é por meio do conhecimento específico de cada custo, que surge a possibilidade de redução.

2 – Tenha total conhecimento sobre as movimentações financeiras

Você sabia que o coração do financeiro do hospital é seu fluxo de caixa? Nesse sentido, sua gestão tem percepção de como está o fluxo atual? Utilizar planilhas físicas já não é mais solução, e convenhamos, faz tempo que isso deixou de ser apropriado.

Um sistema é capaz de apontar com precisão as movimentações feitas pela instituição, seja na aquisição de insumos, na contabilidade dos salários, nos desperdícios e, sobretudo, no custo da manutenção diária para manter tudo funcionando.

O auxílio proporcionado por um software eficaz permite – em pouco tempo – realizar importantes previsões, tanto de gastos quanto de rendimentos. O resultado? A chance de melhorar ainda mais o planejamento financeiro hospitalar.

3 – Trabalhe com registros de recebimentos atualizados

Como anda o processo de registro dos pagamentos realizados, tanto pelos clientes quanto pelos planos de saúde do seu hospital?

De acordo com o volume da demanda, esse procedimento pode ser bastante complexo, e perder tal controle é extremamente prejudicial ao caixa da instituição.

A base estrutural da boa gestão financeira consiste na possibilidade de planejar os próximos meses com margem de erro reduzida, implicando automaticamente na centralização das informações, vantagem encontrada no sistema de gestão certo.

Dominar as informações de recebimentos é o que impulsiona a distribuição assertiva dos recursos.

4 – Saiba exatamente quais são suas principais fontes de renda

Se questionado hoje, sua gestão saberia quais ações e processos representam maior rentabilidade ao hospital? Os planos de saúde ainda são vantajosos ou seria interessante reavaliar sua contratualização?

As metas quantitativas e qualitativas ainda fazem sentido em um potencial cenário adverso? Ampliar a margem para convênios traria melhores resultados?

O que queremos dizer, é que existe uma imprescindibilidade em elencar favoravelmente tais indicativos. E saiba que um sistema de gestão fornece exatamente esse tipo de informação.

Através de relatórios gerenciais explícitos, embasados em dados realísticos a partir de análises de receitas, é possível saber com total segurança o que funciona e o que precisa ser alterado.

Quer mais vantagem do que discernir quais decisões trariam resultados vantajosos?

Portanto, encerramos e abrimos a margem necessária para que você procure a SALUX em caso de dúvidas. 

Saiba que temos o sistema de gestão em saúde ideal para seu hospital, acesse para entrar em contato conosco.

Afinal, somos especialistas em melhorar o equilíbrio financeiro de nossos clientes e parceiros, já estamos a sua espera!

Rua Evaristo da Veiga, 154 - 3º Andar, Porto Alegre - RS - (51) 3021-0055 - 90620-230
Infraestrutura Plantão 24 Horas
51 99239-6976 (VIVO)
51 99238-7010 (CLARO)
Suporte
51 99767-7602
Receber novidades
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.