Wolters Kluwer é o novo parceiro da Salux

*Matéria original da Health It (http://healthit.grupomidia.com/33186-2/)

São Paulo, abril de 2017 – A Wolters Kluwer, multinacional fornecedora de soluções e informações para o momento de cuidados ao paciente, e a Salux, empresa brasileira de ferramentas de sistemas de gestão hospitalar, anunciaram uma parceria. O objetivo é aumentar a efetividade clínica das instituições brasileiras, além de diminuir as dúvidas clínicas e a incidência de erros por medicação. Com a integração, os recursos de suporte a decisões clínicas baseado em evidências UpToDate e UpToDate Anywhere e os sistemas de suporte à decisão de prescrição de medicamentos Lexicomp e Medi-Span, que compõem a avançada plataforma de suporte a decisão clínica da Wolters Kluwer, passarão a ser acessados diretamente na solução de prontuário eletrônico da Salux.

Os erros médicos, entre eles os relacionados à prescrição de medicamentos, são uma preocupação importante para profissionais, instituições, governo e, obviamente, para os próprios pacientes. De acordo com uma pesquisa, realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess), somente em 2015, 434 mil óbitos foram provocados por erros médicos no sistema de saúde nacional (tanto público quanto privado), ou seja, 1,19 mil pessoas morrendo por dia devido a erros médicos evitáveis, o que inclui aqueles especificamente relacionados aos problemas com a prescrição. Esse número é maior, por exemplo, do que os óbitos causados por doenças do cérebro, que em 2013, de acordo com o Ministério da Saúde, mataram cerca de 100 mil brasileiros. Além disso, de acordo com pesquisas independentes, aproximadamente duas em cada três consultas  geram uma dúvida clínica e os médicos têm, aproximadamente, 11 dúvidas por dia, sendo que apenas 40% delas pode ser respondida sem o auxílio de informações adicionais.

Para Fabio Lia, diretor de alianças estratégicas de Efetividade Clínica para a América Latina da Wolters Kluwer, diante deste cenário é crucial disponibilizar aos profissionais da saúde ferramentas que agreguem ainda mais inteligência clínica às decisões diárias e neste sentido a integração das soluções da Wolters Kluwer e Salux é mais um grande passo. “É cada vez mais importante garantir o acesso a uma base consistente de informações, proporcionando, desta forma, mais segurança ao paciente e reduzindo as chances de decisões terapêuticas desatualizadas. Uma plataforma avançada de suporte à decisão clínica integrada a um PEP impacta não só na qualidade do atendimento e na melhora dos resultados, como também diminui custos”, ressalta.

Ao ingressar em uma plataforma de decisão clínica partir do próprio PEP a equipe clínica acessa mais 9.700 recomendações e 24 especialidades médicas disponíveis no UpToDate, inclusive remotamente e independente do local onde estiverem, via dispositivo móvel, através UpToDate Anywhere; e todo conteúdo de relevância relacionado a medicamentos disponibilizado pelo Lexicomp, que suporta as decisões relacionadas às prescrições e ajuda os profissionais da saúde a escolherem a terapia mais apropriada para cada paciente.  Além disso,  através do Medi-Span, são enviados alertas automáticos sobre medicamentos, potenciais interações medicamentosas, duplicidade de terapias, erros de dosagem e contraindicações.

Para Fabricio Avini, CEO da Salux, a integração representa uma grande evolução em direção a excelência global em efetividade clinica por meio da utilização do prontuário eletrônico como efetivo suporte à decisão. “Esta parceria agrega enormes benefícios aos recursos assistenciais do prontuário eletrônico Salux, criando barreiras para os erros de medicação, viabilizando o uso eficiente de protocolos clínicos validados mundialmente, além ajudar a salvar vidas e reduzir custos da assistência, através de maior assertividade e eficácia no cuidado. Mais do que missão, o propósito da Salux é melhorar a saúde através do uso da tecnologia e disponibilizar o que há de mais avançado para nossos clientes ajuda a encurtar o caminho para alavancar a qualidade da saúde no Brasil”, finaliza.

A Salux é uma empresa desenvolvedora de software para Saúde, com clientes distribuídos em todas as regiões do país. Certificado pela SBIS/AMB, o produto SX Sigma – versão 2.001.07 apresentou conformidade a todos os requisitos mandatórios das categorias NGS2 e Assistencial Ambulatorial do Processo de Certificação de S-RES SBIS-CFM. Com sede em Porto Alegre, a Salux dispõe em suas modernas instalações de profissionais com vivência hospitalar, exclusivamente dedicados ao desenvolvimento de software para a saúde e à contínua evolução dos produtos.

Wolters Kluwer e Salux fecham parceria